domingo, dezembro 11, 2005

Mais velho

Estou hoje um ano mais velho. Faço 29 anos neste dia onze de Dezembro, sou sagitário e dragão (1976 foi ano do dragão). Ainda procuro, assustado, diferenças que anunciem a vinda próxima dos redondos trinta, mas nenhuma transparece. Ainda sou um rapazola de vinte e poucos, de cabelo comprido e falta de pachorra para fazer a barba.
A maoir diferença vem de trás, de há já sete ou oito anos. A falta da comida da mamã, numa Ilha distante, fizeram-me comer mal em qualidade (porque em quantidade ninguém pode dizer que coma mal...). Também passei, com a vinda para a faculdade, de duas a quatro horas de exercício diário para uma hora semanal (um joguito de futebol ao fim-de-semana). Engordei. Envelheci físicamente, um bocadinho.
Mas ninguém sinta pena! Tenho espírito jovem, há quem me classifique de Peter Pan. E o aumento da actividade desportiva, com dois ou três jogos de futebol semanais e umas horitas de ginásio já pararam o aumento periférico abdominal. Falta agora começar a diminuir...
Parabéns a todos quantos hoje comemoram o aniversário!

8 comentários:

Ambientalistas da Amadora disse...

Sugiro uma visita ao blog Ambientalistas da Amadora.

http://ambientalistasdaamadora.blogspot.com/

Considerem em colocar um link para este blog.

Obrigada.

Claudio Tellez disse...

Meu caro Gonçalinho,
Receba meus sinceros parabéns! Muitas felicidades neste seu dia... e sempre!

Um forte abraço,
Claudio Tellez

Anónimo disse...

Um forte abraço, feio!

Elise disse...

parabéns!!! :D

ZP disse...

Parabens, amigo! Mts mais t esperam pela frente e sempre com festa com o grupo do costume! É combinar noite de copos!! ;)

Gonçalinho disse...

Agradeço a todos!

abtursio disse...

muitos parabens, tudo de bom os copos é combinar, um grande abraço musculado.
não cresças tas bem assim
peter

eu disse...

"Devemos acrescentar vida aos anos e nao anos a vida".....

Tive a oportunidade de te felicitar pessoalmente pela passagem de mais um aniversário, trocamos breves impressões acerca dessa data, mas as circunstancias nao seriam as ideiais...se é que me faço entender...a maré estava cheia...
Nao, nao sou o fulano q te chama feio...