terça-feira, dezembro 27, 2005

Adivinhei...?

Escrevo, finalmente, da Pérola do Atlântico onde nasci e onde vim passar o fim-de-ano com a família paterna, devidamente enquadrado com o fogo-de-artifício. Mas não é disso que quero falar (outras oportunidades surgirão).
Escrevi, sábado passado, o texto "Pergunta exasperante", queixando-me da questão das facturas "opcionais", encrustadas nos (maus) hábitos nacionais. Pareço ter adivinhado que, dois dias depois, o Governo anunciaria que as facturas sobre valores superiores a 9,98 euros passam a ser obrigatórias... Já não o eram?!
Surge, assim, uma medida redundante. E quem vai fiscalizar? Quem mais interesse tem em fazê-lo, o contribuinte consumidor, não o fez até agora... A lei já existente é melhor (não distingue quantias), faça-se cumprir.
Medidas destas não passam de propaganda.
O único benefício (para o consumidor, não para o contribuinte) que ali vejo é o corte que os preços que excedam em alguns cêntimos aquele valor, só para se fingir que se pode não passar factura.

3 comentários:

Fernando_Vilarinho disse...

Altamente! Tás num bela ilha!
No Verão o meu grupo de Montanhismo vai estar aí 1a semana.
vê no meu blogue "Notas Perdidas..."

ao bocado respondeste no meu blogue mal eu acabei de colocar o post. coincidência...

abr.

vasconovais disse...

Madeira! Essa bela localidade!
Fico contente por saber que também aí chegam os ares da aldeia global!
hehehe

abraço!

Fernando_Vilarinho disse...

valha-nos Deus ! é cada cromo que nos apareçe...