domingo, janeiro 22, 2006

Expliquem-me, porque eu não entendo

Soares diz, e António Vitorino defende, que não perdeu?! Foi categoricamente derrotado nas urnas, até em relação ao candidato sem partido, falhando a cumprir todos os seus objectivos, e ainda se diz de alguma forma vitorioso? Nem evitou a vitória de Cavaco à primeira, nem caso houvesse, seria ele a disputar uma segunda volta.
Diz ele que a derrota seria ter desistido. Se desistisse seria pior, concordo. Mas não me lembro de ser esse o seu desígnio de campanha. Não o ouvi dizer nunca, ao longo da campanha "a mim ninguém me obriga a desistir!". O único que disse isso, foi Alegre. Este sim, cumpriu, e superou.

3 comentários:

Mónica disse...

e não te esqueças "a candidatura dele vai ficar para a historia como uma refencia civica!!!"està mesmo che che de todo!

ZP disse...

E vai ficar na história como um politico derrotado, agarrado ao "poleiro" que fez a última campanha com muito baixo nível!

Não era melhor ter ficado em casa com uma mantinha por cima a cuidar das artroses?

Aves Raras disse...

A campanha para a presidência não é uma prova de coragem, mas de apoio popular.
Discordo pois quando diz que se Soares desistisse seria pior. Poderia ter ficado vagamente uma dúvida no ar que, assim, não ficou.
Poderia pelo menos ter ficado a dúvida sobre a dimensão da sua derrota. Assim, não ficou.
Rest In Peace.