sexta-feira, novembro 18, 2005

Maus fígados

Houve, recentemente, dois anúncios de estabelecimentos comerciais que despertaram o mau feitio. A título de curiosidade, discuto-os aqui.
Na montra de uma loja de artigos para bébés e crianças sub-12 do NorteShopping, lia-se uma oferta de trabalho standardizada, com o seguinte anúncio: "Empregado/a, procura-se". O que me deu mau fígado foi o facto de estar riscado, a marcador, o "o". Limitavam a escolha a membros do sexo feminino! Porquê? Alguém me explica? Sexistas!!
O outro, li ontem. Num conhecido e frequentado boteco especializado em café, que sempre teve serviço à mesa, tinha o seguinte panfleto sobre as mesas: "Estimados clientes vimos por este modo informar que o serviço à mesa é efectuado por pré-pagamento". Não me esqueci das vírgulas... Não existem no original (a culpa é do Saramago!). O que é que se entende com isto? Eu arrisquei que a intenção seria fazer o cliente pagar, sentar, e ser servido à mesa. Mas o que realmente acontece é que o cliente paga, espera pelo pedido de tabuleiro em riste, e senta-se com o pedido... E onde está o serviço de mesa nisto tudo?! Percebi pouco depois: é quando o cliente se levanta, pois vêm limpar a mesa.
Já estou mais aliviado. Às vezes é realmente necessário despejar pequenas coisas que nos enervam para não deixar úlcerar. Agradeço a paciência.

4 comentários:

Anónimo disse...

Tem calma gonçalinho. Não sejas tão revoltado com as coisas. Descontrai-te.
Até segunda.

Claudio Tellez disse...

Gonçalinho,

São dois belos exemplos de coisas que róem o fígado... Eu devo ter um fígado de pedra e uma resistência incrível às úlceras, pois aqui no Brasil tenho presenciado centenas de situações semelhantes e piores ao longo dos últimos vinte e sete anos...

AA disse...

Sobre o primeiro tema, penso que o Claudio Tellez concordará comigo que se trata de uma questão de mentalidades, e que não deverá o Estado obrigar os privados a contratar quem não querem?

Claudio Tellez disse...

aa: Com certeza!