segunda-feira, março 19, 2007

Ser verde é mais importante

Ao ler o The Guardian na versão electrónica tropecei neste pequeno anúncio. É de um site governamental que debita conselhos sobre formas de poupança de combustível. Por incrível que pareça, a ênfase não é feita sobre a economia por si, mas sobre a diminuição das emissões de dióxido de carbono.
O facto de se poupar uns trocos na gasosa, é um extra...

6 comentários:

GoEThe disse...

A publicidade puxa ao que está no subconsciente das pessoas. Ao que está na moda. Nos últimos tempos o que se ouve mais nas notícias é poupança nas emissões de CO2.

Gonçalinho disse...

Eu prefiro que me apelem à carteira. Eu não cresci com medo do Papão, não é agora que me assustam com coisas dessas.

PR disse...

Eu prefiro o preto. Pronto. Abraço,

GoEThe disse...

Não acho que seja apelo ao medo. Acho que as pessoas estão a perceber que o clima está a mudar e que podemos reduzir a influência que estamos a ter no ambiente. Achas mal? Eu não...
Eu prefiro que não me apelem à carteira. Deixa-a estar no meu bolso.

Edgar disse...

Pois, mas nem todos os meios podem ser justificados para atingir um fim, nao é? temos de nos manter na verdade, e assumir que estamos num mundo dinamico, do qual tambem fazemos parte, como animais. ora se fazemos parte, temos direito a interagir. concordo a 100% na adopçao de soluçoes mais limpas, menos poluidoras e que reduzam a nossa influencia nas alteraçoes climaticas.

contudo, penso que estao a dar um enfase exacerbado as alteraçoes atmosfericas e estao a esquecer-se da acçao antropica sobre solos e sistemas aquaticos, que sao os suportes da maioria dos ecossistemas, e sao a fonte primordial de materia-prima para os sustentadores da vida na Terra, os produtores (plantas e algas). pondo estes em perigo, estamos em real perigo de desaparecer. alem o mais, poderiamos poluir com CO2 quanto quisessemos, desde que plantassemos em quantidades condizentes com esta poluiçao.

ah, e ja agora, o metano, CH4, é mais perigoso como gas de estufa do que o CO2, e é neste momento o principal factor de risco. a origem, os ruminantes! alguem ja deixou de comer carne de vaca/vitela? mas tambem nao interessa muito, porque o pais que mais contribui é onde estas queridas leiteiras nao sao consumidas, a India...

Paz e Bem, e ate logo.

Gonçalinho disse...

Eu também concordo com opções mais limpas, desde que voluntárias e não impostas.