sexta-feira, março 09, 2007

A famigerada licença (cont. Official Warning)

Recebi novo subscrito, prontamente enfiado por debaixo da porta do meu quarto pelo segurança do bloco. No envelope lia-se, encaixilhada num rectângulo vermelho e escrita na mesma cor, a frase "gwybodaeth gyfreithiol y tu mewn". Deduzi que fosse Galês e virei o envelope à procura da corresponte tradução. "Legal information enclosed". Percebi a urgência do segurança, que não tem o dever de me entregar a correspondência à porta.
Aberto o envelope vi, sem surpresa nenhuma, que era mais uma simpática carta dos fiscais das licensas de TV. Desta vez, em vez da ameaça, o dito serviço de fiscalização mandou-me uma explicação das leis britânicas de que este organismo está encarregue de fazer cumprir.

"Part 4 of the Communications Act 2003 makes it a criminal offence to install or use a television receiver to receive television programme services without a valid TV licence. Television receiver is defined in the regulations as meaning any apparatus installed or used for the purpose of receiving any television programme service, whether or not it is installed or used for any other purpose.[...]" (destaques meus, como se adivinha)

E a seguir vem a lista de tais aparelhos, que inclui televisores, as boxes, gravadores video ou DVD, computadores e telemóveis. No caso dos aparelhos com bateria própria abre-se uma excepção no se os pais/tutores do estudante pagarem eles próprios uma licença, desde que o estudante não instale o aparelho para ver televisão no quarto das residência universitária.
O pior vem a seguir, mas este post já está comprido demais. Fica para o próximo.

1 comentário:

Opintas/Bernardo disse...

Que se passou aqui?????
Abraço e um bom fim de semana.