segunda-feira, janeiro 07, 2008

E a seguir... o que vem a seguir?

"Cidade de Reading pode proibir gangsta rap"

Umas estaladas, um gajo no hospital, e proibe-se um estilo musical.

Talvez a seguir se proibam as relações sexuais. O sexo é fonte de tensão entre competidores, o que pode levar ao confronto físico. A ansiedade causada pela antecipação do acto, ou até pela ausência prolongada de oportunidades para o praticar, pode levar a uma série de condições pouco saudáveis, desde úlceras a anginas de peito. A relação sexual facilita a transmissão de variadas doenças e alguns parasitas e incómodos comensais. O sexo é a razão para a existência do malévolo negócio da prostituição, que por sua vez é fonte de violência e outras actividades ilegais, algumas delas imorais. E não nos esqueçamos da tensão criada aos vizinhos que ouvem, ou até vêem, o casal do lado em pleno acto.

Com os avanços da medicina da reprodução, podemos excluir o sexo das nossas relações interpessoais, tornando o Mundo num local muito mais seguro e higiénico.

7 comentários:

Aves Raras disse...

Depois do que acabo de ler, acho que nunca mais cá volto!
:-)

Gonçalinho disse...

Eu faria o mesmo, se não soubesse, de fonte segura, que o autor do texto estava a brincar seriamente. ;)

Anita disse...

Tenho medo dessas decisões que nos privam da liberdade de escolher.... Medo! Boa a ironia!

Aves Raras disse...

Uma vez que me garante que a coisa não vai azedar, aqui vai um link de eventual utilidade.

Quem nunca experimentou, que atire a primeira pedra (para que conste, tenho um Twingo e um monovolume)
:-)

Gonçalinho disse...

Acho que preciso de mudar de carro...

Aves Raras disse...

Eu estou capaz de vender o Twingo... :-)

Gonçalinho disse...

Alas! Não sou fã da Renault...